sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

O bazar é meu, eu faço o que quiser

Recentemente, recebi email de uma cliente que, achei simpático. Ela se deu o trabalho de explicar passo-a-passo como era para implantar o pag-seguro.

Até aí, tudo bem. Depois, começou a ser grosseira, colocando até comentários maldosos em minhas fotos.

O caso, é que só aceito depósito em conta corrente como acontece em zilhões de bazar online. Quem não confia, pode ir na loja ou outro bazar e deixar o meu em paz.

Tenho vários motivos pelos quais não quero implementar o PAG SEGURO. O problema é meu, e também tenho o direito de não querer dizer quais são.

No mais, tenho mais o que fazer, não tenho assistente para operar comércio eletrônico, portanto, só depósito mesmo. Sorry, periferia. Se eu quisesse algo sofisticado, não tinha aberto um blog. Tinha aberto um site. Afinal trabalho com isso, em um site muito famoso de comércio eletrônico. Portanto, não me venham ensinar a missa ao vigário.

Quem quiser referência, leia por favor a lateral do blog cheio de depoimentos fofos das minhas queridas clientes.

É isso. Na minha opinião, bazar é assim: uma coisa caseira, confiável e simples. E acabou.

4 comentários:

annie disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
GRAZI disse...

ADOREI! mandou bem! e calem-se calem-se calem-se.. vcs me deixam louco!!!!!!!!.... rsrsrs

WS Compras disse...

Olá,
participe da promo lá no meu blog...
http://wscompras.blogspot.com/2011/02/promocao-100-seguidores.html
(=

Leonice Campelo disse...

Olá! Gostaria de saber se o bazar continua e se as peças estão disponíveis. Grata e no aguardo. leonicecampelo@gmail.com